Não eles não preferem as mais novas revela estudo

Mais uma vez, em comum: a carência afectiva e a procura de se sentirem aceites, valorizados, desejados e amados. Ou encontram e logo se desencontram. Meses ou anos mais tarde divorciam-se. A perguntar-se como é possível isto acontecer? Mas é esta a realidade.

Garota mais jovem 790139

Você também pode gostar disto

Único alivia quando você vê-lo chegar! A vida acontece no digital Essa é uma consequência do item anterior. Se você fica grudada 24 horas no celular, computador, tablet, é natural que você se acostume a executar todos os outros afazeres da vida, no universo on line. Você lê livros, assiste séries, come, trabalha, namora, vida pelo digital!

Como conhecer?

A pesquisa demonstrou que mais de um a cada quatro norte-americanos relata ter se distanciado de algum parente. Nome, Getty Images Legenda da foto, A diferença de valores políticos ou religiosos fez com que muitas pessoas se distanciassem de seus parentes Nas redes sociais, existe um enorme crescimento de grupos de apoio online para prole adultos que decidiram se distanciar dos pais. Scott participa de um desses grupos, que congrega milhares de membros. Essa tendência levanta uma série de questões sobre os seus impactos em indivíduos e na sociedade. Também se acredita que disputas de valores — como foi o caso entre Scott e seus pais — estejam cada vez mais presentes. Scott afirma que nunca discutiu suas preferências eleitorais com seus pais. Ela praticamente parou de falar com seus pais logo depois de sair de casa para a universidade e conta que cortou os laços para sempre depois de ver seu pai abusar verbalmente de sua prima de seis anos de idade em um funeral. Muitos de nós confiam muito menos nos parentes que as gerações anteriores. Ela afirma que rompeu os laços com seus pais devido a comportamentos controladores, como evitar que ela comparecesse a entrevistas de emprego, desejar ter influência sobre suas amizades e pressionar para que ela se casasse logo depois de terminar seus estudos.

Saúde mental como fator

O namorado dela, Paollo, tem 29 anos. Quando se conheceram, ainda como amigos, ambos estavam em outros relacionamentos, ela também com um homem mais segundo. Mas também nunca coloquei isso quanto um impedimento Depois de cinco meses saindo, o namoro foi formalizado. Foi muito legal, muito gostoso. Nunca pensei que àquela altura da minha viver eu ia ter tudo aquilo de novo, me senti muito bem. Embora mais jovem, é muito maduro. Mulheres que se relacionam com homens restante novos ficam com a autoestima elevada Mas as críticas também imperam.

Leave a Reply

Your email address will not be published.*